UM OLHAR SOB A LENTE DE UMA EDUCAÇÃO TRANSFORMADORA: EDUCAÇÃO DO CAMPO

A Educação do Campo com seu poder transformador tem ampliado olhares e vozes de sujeitos de variados e diferentes campos e transformando realidades.

Por Tatiane Mendes Sousa

A Educação do Campo tem transformado sujeitos a partir da valorização dos seus modos de vida. Como estudante e futura educadora do campo, percebo a mudança que essa educação tem gerado, tanto em minha vida e minha comunidade, como na vida de colegas e suas comunidades. A Educação do Campo tem transformado olhares, dando oportunidade à diversidade e ferramentas para se viver em sociedade.

Diante do que tenho estudado, percebo que ser educador é poder mediar a informação e o conhecimento nos vários campos que a vida nos coloca. Ser educador é lutar por uma educação que forme protagonistas, que desempenhe a criticidade, que seja relevante e na vida do estudante, que faça a diferença e que não seja vista apenas como modo de se profissionalizar, mas sobretudo sobre ler o mundo, nas palavras de Paulo Freire.

Estudante. 2019. Tatiane Mendes Sousa.(Arquivo de Tatiane Mendes de Souza)
Estudante. 2019. Tatiane Mendes Sousa.(Arquivo de Tatiane Mendes de Souza)

A Educação do Campo tem o poder de transformar e ampliar o nosso olhar de modo, nos tornando mais críticos e, assim, nos motiva a fazer a diferença no ambiente em que vivemos e nos dá poder, nos faz lutar por uma vida sem preconceitos, , de oportunidades. Pois só a luta diante das barreiras que encontramos nessa caminhada em busca de uma educação de qualidade pode nos dar uma vida digna.

Para mim, a Educação do Campo é transformadora, pois ela mudou a minha maneira de olhar e levar a vida; com ela eu percebi que estava por perder minha essência de camponesa/agricultora; com ela pude perceber que em simples momentos construímos conhecimentos e o poder da fala, da linguagem e dos códigos. Pude, principalmente, me encontrar como um sujeito que quer transformar o meu entorno e me agarrar à minha amada comunidade valorizando o lugar no qual vivo, o meu campo, o meu canto.

Veja também

Se a vida das comunidades indígenas do Brasil nunca foi fácil, atualmente não há diferença ou esperança de mudança, pois estão enfrentando grandes problemas no que concerne às demarcações de suas terras, haja vista que o executivo deixou bem claro que no atual governo não haverá demarcações.

O trabalho escravo é um fenômeno mais amplo do que se imagina. É fácil encontrar notícias de uma realidade que boa parte das pessoas desconhece ou imagina ser possível nesse mundo globalizado, o trabalho escravo nos bastidores da indústria fashion. Para uma prestação de serviços mais barata, muitos atentam contra a dignidade do ser humano, até com...