TARDE CULTURAL EM MACAÚBAS REÚNE GRUPOS DE MARUJADAS PARA UM MOMENTO DE DIVERSÃO E RESGATE DA CULTURA DE CANTIGAS DE RODA

Evento realizado na comunidade de Macaúbas no município de Veredinha é motivo de grande celebração entre os moradores. Além de resgatar a tradição das cantigas e brincadeiras de roda, o acontecimento promoveu interação entre os grupos de Marujadas das comunidades vizinhas.

Por Fernanda Antonina Rodrigues da Silva

Um evento importante para os moradores de Macaúbas e de comunidades vizinhas, que recebeu o nome de Tarde Cultural, aconteceu no sábado, dia 19 de outubro de 2019. Situada a poucos quilômetros do município de Veredinha, a comunidade de Macaúbas é tradicionalmente conhecida por ter grupos de Marujada enraizados em sua cultura que animam festas tradicionais como a Folia de Reis, as mais variadas brincadeiras de roda, eventos com cantos religiosos, entre outros. O intuito da Tarde Cultural foi reunir os grupos de Marujada das comunidades mais próximas e também do município de Veredinha para a realização de um momento de interação entre esses grupos e de resgate das tradições culturais de Macaúbas e de outras comunidades.

Imagem do cartaz convite para o evento. Foto: Retirada do Facebook. 2019
Imagem do cartaz convite para o evento. Foto: Retirada do Facebook. 2019

O evento recebeu o apoio e a colaboração da Associação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente de Veredinha - ADECAVE, assim como da Prefeitura Municipal de Veredinha. A ADECAVE contribuiu com a alimentação do encontro, auxiliando no custeio dos produtos para o preparo do lanche que foi servido no local e produzido pelos próprios moradores de Macaúbas. Estes se dedicaram à produção das famosas quitandas, do delicioso bolo na folha, do biscoito de polvilho, de diversos tipos de pães, entre outras delícias. Além disso, a ADECAVE colaborou na ambientação do local, levando utensílios que serviram tanto na ornamentação como na iluminação do espaço. Foram também levados vários instrumentos musicais, utilizados nas cantigas de roda. A prefeitura, parceira na realização do evento, concedeu o transporte, um ônibus que levou os moradores da comunidade de Caquente até Macaúbas para a celebração desse momento tão rico em história e cultura.

O evento reuniu cerca de cem pessoas de faixas etárias distintas como crianças, adolescentes, adultos e pessoas de mais idade. Contou também com a presença de representantes dos grupos de Marujada de Veredinha, da comunidade de Caquente e de Macaúbas. Além dos visitantes que vieram dos arredores para aproveitar e prestigiar o evento, compareceram representantes da Secretaria Municipal de Cultura de Veredinha e da ADECAVE.

Foi uma tarde calorosa de muita alegria e diversão. Os participantes puderam relembrar as antigas cantigas de roda, dançar "Vilão", brincar a "Dança dos Nove", além de cantar outros ritmos de músicas como o Sertanejo Raiz e o tradicional Forró, que não podem faltar nesses encontros. Foi uma tarde que trouxe muito orgulho e alegria aos moradores de Macaúbas. Segundo relatos dos participantes do evento, eles se sentiram representados na realização de atividades culturais como as cantigas e brincadeiras de roda e, ao mesmo tempo, felizes por perceberem que uma tradição passada de geração em geração permanece viva e acesa dentro da comunidade.

Veja também  

Se a vida das comunidades indígenas do Brasil nunca foi fácil, atualmente não há diferença ou esperança de mudança, pois estão enfrentando grandes problemas no que concerne às demarcações de suas terras, haja vista que o executivo deixou bem claro que no atual governo não haverá demarcações.

O trabalho escravo é um fenômeno mais amplo do que se imagina. É fácil encontrar notícias de uma realidade que boa parte das pessoas desconhece ou imagina ser possível nesse mundo globalizado, o trabalho escravo nos bastidores da indústria fashion. Para uma prestação de serviços mais barata, muitos atentam contra a dignidade do ser humano, até com...