RESGATE DE CULTURA É DESTAQUE NA COMUNIDADE PRATINHA, ATALÉIA-MG

Moradores da comunidade Pratinha buscam resgatar a cultura local. Foi realizado no dia 14 de setembro de 2019 a primeira Bandeira de Bom Jesus, padroeiro da comunidade.

Por Mateus Felipe Oliveira


No dia 14 de setembro foi realizada, na comunidade Pratinha, no município de Ataléia-MG, uma Bandeira de Bom Jesus, padroeiro da comunidade. A festividade começou com a execução de um terço na casa de Dona Preta, senhora que é referência na comunidade. Logo após, as pessoas presentes seguiram em procissão acompanhando a bandeira e cantando com suas velas acesas até a igreja da comunidade, onde foi celebrado um culto pelos convidados da comunidade de São Miguel. Em seguida, a Bandeira foi hasteada em mastro e a comemoração continuou no galpão daAssociação dosPequenos Produtores Rurais da comunidade com muita música e barraquinhas.

Celebração da Bandeira, que se vê ao fundo, na casa de Dona Preta. 2019, Mateus Felipe Oliveira.
Celebração da Bandeira, que se vê ao fundo, na casa de Dona Preta. 2019, Mateus Felipe Oliveira.


Pelos costumes, após a bandeira ser hasteada ela fica à disposição para ser roubada e quem a roubar tem por obrigação entregá-la no ano seguinte, seguindo os mesmos ritos tradicionais, tal como realizados em Pratinha. Segundo seu Antônio, morador da comunidade e colaborador na festividade, abandeira não amanheceu no mastro, o que significa que a festa vai continuar e agora resta aos moradores esperar pelo próximo ano par receber a bandeira, já que quem a rouba se mantém anônimo até se aproximar o período de entregá-la novamente.O costume deixa o mistério que só será revelado no ano que vem,com os novos festejos e quando a bandeira for entregue.

Veja também