I ENCONTRO REGIONAL PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO ALTO RIO PARDO

A EFA-NE, localizada em Taiobeiras, em parceria com a Rede Sociotécnica do Alto Rio Pardo e o Bem Diverso promoverão evento regional que possibilitará o diálogo entre saberes populares e científicos em prol do desenvolvimento sustentável do Alto Rio Pardo.

Por: Emanuela Raymunda de Souza Miranda

.

Desde o ano de 2015, a Escola Família Agrícola Nova Esperança (EFA-NE) vem realizando o tradicional Festival de Cultura Popular do Alto Rio Pardo. O evento tem como objetivo reunir as comunidades integrantes da microrregião como forma de fortalecimento das manifestações culturais, de identidade e luta através de apresentações musicais, culinária regional, a tradicional folia de reis e a entrega da bandeira da São Francisco. A agroecologia também fundamenta através da soberania alimentar com barracas montadas pelos alunos com sementes crioulas e produções da agricultura familiar.

Este ano, acontecerá o V Festival de Cultura Popular a ser realizado no dia 27 de outubro de 2019, em que seguirá a mesma linha tradicional do evento com  o público da região na Escola Família Agrícola Nova Esperança localizada na Comunidade Matrona, Rodovia MG 404, Km 07- Taiobeiras. Este dia será destinado ao lazer com apresentações culturais da região, leilões, bingo, valorização da soberania alimentar e interação entre as pessoas e a escola para melhor conhecimento do espaço.

IV Festival de Cultura Popular do Alto Rio Pardo na EFA-NE (2017), foto de Emanuela Miranda.
IV Festival de Cultura Popular do Alto Rio Pardo na EFA-NE (2017), foto de Emanuela Miranda.


Como extensão do festival, este ano haverá o I Encontro Regional para o Desenvolvimento Sustentável do Alto Rio Pardo promovido pela Escola Família Agrícola Nova Esperança, Rede Sociotécnica do Alto Rio Pardo e o Projeto Bem Diverso. O encontro acontecerá nos dias 24 e 25 de outubro de 2019 (Quinta e sexta feira) no Parque de Eventos de Taiobeiras. Será uma oportunidade para criar um "espaço de diálogo entre as comunidades urbanas e rurais, os saberes populares, as lideranças sociais e políticas, os projetos produtivos e a pesquisa científica de forma a implementar ações que garantam o bem viver, o uso sustentável dos recursos naturais e a soberania dos nossos povos. "

Os espaços de diálogo ocorrerão da seguinte forma:

  • Palestras (24/10):

O impacto da Escola Família Agrícola Nova Esperança na vida dos jovens do campo;

O Bem Diverso e a conservação da Agrobiodiversidade no Alto Rio Pardo.

  • Apresentações de trabalhos (24/10):

Inclusão socioprodutiva dos jovens do campo - Apresentação dos projetos produtivos dos formandos e egressos da EFA-NE;

Construção e socialização do conhecimento - Apresentação de trabalhos acadêmicos desenvolvidos no território Alto Rio Pardo.

  • Feira da sociobiodiversidade (24/10) - venda de produtos pelos agricultores do Alto Rio Pardo.
  • Palestras (25/10):

Apresentação do potencial produtivo da agricultura familiar do Alto Rio Pardo;

Conhecimento para o desenvolvimento sustentável - Apresentação da sistematização dos trabalhos apresentados no dia 24/10.

  • Oficinas (25/10):

Restauração do cerrado - Condutores: Nondas/consultor do Bem Diverso no Alto Rio Pardo; Anderson/Embrapa e Bem Diverso; Valdinei/Professor da EFA-NE);

Gastronomia Sabores do Alto Rio Pardo - Condutores: Bernadete/ Curadora de assuntos gastronômicos da região norte de Minas Gerais; Rarismone / Professora da EFA-NE;

Comunicação Popular - Condutores: Valdir/Jovem comunicador do Bem Diverso; Nina/Jovem comunicadora do Bem Diverso; Emanuela/Professora da EFA-NE e comunicadora do Projeto Olhares do Campo; Josimar/Professor da EFA-NE;

Café Especial - Condutores: Ronaldo/CAA; Udilésio/Agricultor e professor da EFA-NE; Sérgio/EMATER;

Compras públicas para a agricultura familiar (PAA Compra Institucional e PNAE) - Condutores: Gustavo Corrêa/Engenheiro Florestal e consultor do Bem Diverso.

  • Premiações (25/10):

Concurso de fotografia: Paisagens e ambientes: a fauna e a flora do Alto Rio Pardo;

Projetos Produtivos dos formandos e egressos da EFA-NE.

Para as pessoas interessadas em participar do evento, acessem o link <https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScavYPQtalBjAeVsNbB1UAe-mikURtBwTxpv-w3QcUH-ffInw/viewform> Através da inscrição você poderá escolher em participar de alguma das oficinas, submeter trabalhos ou participar apenas como ouvinte. Os editais para submissão de trabalho científico e participação do concurso de fotografia estão em anexo a esta reportagem. Os certificados serão gerados a partir da inscrição eletrônica e credenciamento no dia do evento. 

Veja também